Med Mais agora gerencia os serviços de Bombeiro Civil de Aeródromo da BH Airport

O Grupo Med Mais acaba de assumir a gerenciamento do Serviço de Bombeiro Aeródromo do Aeroporto de Confins - BH Airport, em Minas Gerais. A empresa já administrava o Serviço de Emergência e Remoção de Vítimas (SME) do mesmo aeroporto desde 2018. A partir de julho de 2020 o grupo vai atuar na Prevenção e Combate a Incêndios, fornecendo gestão na remoção de passageiros, tripulantes, atuando diretamente no salvamento de vidas.

O presidente do Grupo Med Mais, Victor Reis, comemorou a nova parceria e destacou a importância da segurança dos usuários dos serviços aeroportuários brasileiros. “Nos concentramos em prestar atendimento de alto desempenho em serviços médicos de urgência e emergência, e de resgate em urgência e emergência em todo o Brasil. Com Confins, nossa cobertura chega a mais de 56 milhões de vidas. São pessoas que utilizam os serviços nos aeroportos em todo o Brasil e também em rodovias nas quais atuamos, e protegemos”, disse.

Líder no segmento de emergência médica em aeroportos, a Med Mais espera trazer para o Aeroporto de Confins toda a experiência acumulada nos 13 anos do grupo. A gestão da Med Mais já atua em 17 em aeroportos brasileiros, entre eles Brasília (DF), Viracopos (SP), Maceió (AL), Natal (RN), Santos Dumont (RJ), Galeão (RJ), Belém (PA), Navegantes (SC), Florianópolis (SC) e Confins (BH).

Segundo Douglas Gameiro, Gestor de Segurança e Processos Integrados da BH Airport, a parceria com a Med Mais transmite responsabilidade e segurança.

 “A BH Airport está sempre em busca de parceiros sérios e comprometidos, que estejam alinhados aos nossos valores e crenças. O trabalho que o Grupo Med Mais já desenvolvia no posto médico do aeroporto abriu portas e credenciou a instituição a concorrer ao contrato do Corpo de Bombeiros. Estamos muito satisfeitos com a parceria, que tende a ser duradoura”, garantiu Douglas.

Serviços

Os aeroportos brasileiros possuem um Serviço Médico de Emergência e Remoção de Vítimas (SME) e são responsáveis pela remoção e cuidados de vítimas decorrentes de emergências aeroportuárias, sejam elas associadas a acidentes e incidentes aeronáuticos que ocorram nas dependências do Aeroporto. Já o Serviço de Salvamento e Combate a Incêndio (SESCINC) prestam um serviço de resposta a emergência aeroportuária, e tem uma equipe técnica de: bombeiros civis (aeródromo, estrutural e brigadista), equipe médica e equipe em solo preparada.

 

 

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *