Você já ouviu falar sobre gestão das emoções?

Afinal, o que é Gestão da Emoção?

Emoções, todos nós seres humanos somos cheios delas. Em todo o nosso curso de vida, elas
estão presentes, mas você já parou para pensar sobre como você pode gerir melhor as suas
emoções?

No blog do Grupo Med Mais, a neuropsicóloga Keli Rodrigues dará três caminhos que você pode desenvolver para ter uma vida mais leve, eficiente e repleta de realizações.

Metapensamento

É pensar sobre o pensar. Em um mundo tão acelerado é difícil parar para pensar, mas vamos lá: Quais são os seus pensamentos? Quais as ideias que você tem sobre você e acerca do mundo? O que você pensa o dia inteiro? Não tenha medo de dar essa pausa e olhar para si mesmo.

Autoconhecimento

A partir do momento em que você potencializa o pensar sobre esse pensar, vem o autoconhecimento, isso porque quando você se questiona sobre o que pensa todos os dias, como pensa e em quais momentos você pensa, isso gera autoconhecimento sobre si mesmo.

“A partir do autoconhecimento, eu sei quais as emoções estão aparecendo, ou seja, eu tenho um pensamento X que me leva para uma emoção X. Ou seja, eu estou pensando no meu trabalho, e me desperta uma sensação de raiva, e isso já é um indicativo de que estou sentindo alguma coisa em relação a esse trabalho. É um indicativo de como estou me relacionando com o trabalho”, explica a neuropsicóloga Keli Rodrigues.

Autogestão

A neuropsicóloga explica que a partir do momento em que o indivíduo sabe o que está pensando e como ele se sente, vem o terceiro passo na gestão das emoções que é a autogestão. No ambiente corporativo, por exemplo, como essa pessoa está gerindo uma emoção de ter raiva do seu trabalho. Nesse exemplo, a conduta é identificar o que está acontecendo e como ela vai lidar com a situação.

“De que maneira eu vou lidar com as questões do meu trabalho que estão me desafiando ou me aborrecendo ou que estão me deixando com raiva?”.

Para Keli Rodrigues, quando falamos em gestão das emoções, por mais que ela seja complexa, envolve inteligência emocional e muitos conceitos.

“Se a gente pensar nela de uma forma bem prática e bem dinâmica, a gente pode entender esses três passos, como passos que vão nos levar para uma gestão da sua emoção eficiente, e nos conduzir a ter uma vida muito mais eficiente, muito mais feliz e muito mais dinâmica. Eu consigo gerenciar não só aquilo que eu penso, mas a maneira como eu penso, como eu me sinto, e a maneira como eu vou reagir no mundo de acordo com essas emoções”.

Gostou do conteúdo? Acompanhe outros assuntos que você pode gostar também:

Quer ler mais sobre esse tipo de conteúdo? Deixe seu comentário abaixo!

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *