Mitos e Verdades: É verdade ou mentira que o cipeiro pode ser demitido?

Quer aprender mais sobre o universo da Saúde e Segurança do Trabalho? O presidente do Grupo Med Mais, Victor Reis, e também especialista em Saúde e Qualidade de Vida no Trabalho, inicia a nova série Mitos e Verdades.

Você já ouviu muito provavelmente que o cipeiro, aquele que é membro da CIPA – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes não pode ser desligado da empresa em hipótese alguma?

 Isso é mentira! Sabe por quê?

Porque quando o cipeiro é eleito, ele tem muitas responsabilidades. Talvez a sua avó ou o seu avô, o seu pai ou a sua tia já te disseram que “a quem muito é dado muito é cobrado”. E é exatamente esse princípio que é seguido dentro da jurisprudência.

Se você fizer uma pesquisa rápida pelo Google você vai descobrir que existem várias jurisprudências que autorizam o desligamento e que ratificam a demissão imediata do membro eleito de CIPA. As principais situações são:

  1. Faltar com a verdade junto ao empregador e/ou gestor imediato;
  2. Não cumprir com as responsabilidades no trabalho;
  3. Alto número de absenteísmo no trabalho (falta, atraso, falta de motivação sem justificativas);
  4. Não utilizar o equipamento de proteção individual;

Essas quatro situações quando ocorrem de modo permanente servem de altera para você, gestor de RH ou dono de empresa, e está preocupado com aquele colaborador, que entrou na CIPA mas está dando problemas no local de trabalho, fique atento que ele pode sim ser desligado do quadro de funcionários.

Quer saber outros mitos sobre Saúde e Segurança do Trabalho? Acompanhe a série em nosso site: www.medmais.com .

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *