Quais os tipos de feedback?

Para quem lidera equipe já se perguntou quantos feedbacks você aplicou no último mês, na última semana ou até mesmo hoje? Você sabe a importância que essa ferramenta tem dentro do seu local de trabalho?

Sabia que ela contribui e muito para a melhoria do clima organização e desempenho do seu time? Pois bem, vamos falar sobre os tipos feedback e a importância dele nas empresas com a neuropsicóloga do Grupo Med Mais, Keli Rodrigues.

No ambiente corporativo, entende-se por feedback o processo de dar retorno a um colaborador sobre o desempenho ou atitudes que impactam no exercício das atividades do trabalho. Ele ficou muito conhecido como “crítica”, mas hoje em dia, os líderes utilizam essa ferramenta como instrumento de comunicação para promover diálogo, melhorias dos profissionais e/ou dos processos.

Conheça os principais tipos de feedback:

Feedback de reforço

Pode ser positivo ou negativo. O líder tende a dar uma devolutiva sobre o comportamento da pessoa, de atitudes ou de atividades desenvolvidas. Se essas ações estão sendo positivas, é um reforço positivo para que o colaborador continue melhorando. Um feedback é de retorno negativo, quando gestor diz que as ações não estão funcionando e que podem ser melhoradas. Ambos feedbacks tendem a ser dados para que haja crescimento dentro da organização.

 

Feedback de equilíbrio

Esse feedback tende a manter as coisas como estão, ou seja, aconteceu alguma coisa negativa, e não existe uma comunicação sobre o assunto. O gestor não dá o feedback sobre a verdade do que está se passando. Esse tende a ser um feedback não muito positivo, porque se estivermos em uma situação ruim, ele tende a manter essa situação do jeito que está.

 

Feedback de compensação

Quando algo ruim está acontecendo, a reação do profissional é compensar uma atitude negativa com uma atitude positiva, como por exemplo, quando uma pessoa tem um mal desempenho no trabalho, ela tende a trabalhar muito para compensar aquele mal desempenho. Esse feedback não é muito positivo, porque não funciona a longo prazo, ou seja, pela falta de equilíbrio, compensar uma ação negativa por meio de uma ação positiva, estimula a mascarar uma situação que precisa ser melhorada.

 

Feedback de efeito gota

É uma ação que tende a reverberar a longo prazo ou em outras várias situações, seja em outras equipes, em outros setores da organização ou da própria vida do colaborador.

Por que precisamos do feedback?

É importante pensar que durante o processo de desenvolvimento, o indivíduo precisa de feedback. Segundo a neuropsicóloga do Grupo Med Mais, Keli Rodrigues, o feedback ensina a pessoa a saber como é a percepção do outro. “A melhor estratégia feedback é a comunicação: o que é dito, como é dito e com um propósito. Isso é o fundamento e faz com que ele seja positivo e traga resultados extraordinários”, explica.

 

 

Acompanhe mais notícias em nossos canais de comunicação: www.medmais.com .

Comente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *